Família de Dom Phillips confirma que corpo do jornalista chegará hoje ao RJ

Ainda não há detalhes sobre o horário e local do enterro e velório, que será realizado no Brasil

Vitória OliveiraThayana AraújoNathallia Fonsecada CNN

Ouvir notícia

A família de Dom Phillips confirmou, nesta quinta-feira (23), que o corpo do jornalista morto no Vale do Javari, no Amazonas, chegará hoje ao Rio de Janeiro. Ainda segundo a família, as cerimônias fúnebres serão realizadas no Brasil, no fim de semana.

Em um comunicado, a família de Dom informou que o funeral e a cremação do corpo do jornalista vai acontecer domingo (26), das 9h às 12h, no Cemitério Parque da Colina, em Niterói, na região metropolitana do Rio.

O Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal (PF) liberou, na quarta-feira (22), os corpos de Dom e do indigenista Bruno Pereira às respectivas famílias. O avião decolará do aeroporto de Brasília às 14h.

Os trabalhos dos peritos continuarão nos próximos dias concentrados na análise de vestígios diversos do caso.

De acordo com fontes da PF, o terceiro suspeito preso, Jefferson Lima da Silva, relatou às autoridades que ele e o pescador Amarildo da Costa Oliveira foram responsáveis por atirar nas vítimas. Segundo ele, Pereira chegou a cumprimentar Amarildo minutos antes do assassinato. Pouco depois, o indigenista viu a lancha do suspeito e orientou o jornalista a fotografá-la – o que teria irritado pescador.

A perícia já identificou que Bruno foi atingido por três disparos e Dom por um.

Após a identificação dos corpos, a polícia localizou também a embarcação em que viajava a dupla e que foi afundada pelos assassinos.

Na sexta-feira (17) e sábado (18), os investigadores confirmaram que os restos mortais encontrados na floresta eram de Dom e Bruno.

Mais Recentes da CNN