Geração de empregos, uso de máscara em SP e mais da noite de 3 de novembro

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A geração de empregos formais com queda em 2020, a pretensão do governo de São Paulo de acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras e o leilão do 5G previsto para amanhã são alguns dos destaques desta quarta-feira, 3 de novembro.

Geração de empregos

A geração de empregos formais em 2020 caiu em 46,8%. Das 142 mil vagas anunciadas, foram geradas 75 mil. A diferença de quase metade de empregos a menos foi revelada depois que o Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, ligado ao Ministério da Economia, fez uma revisão em dados que estavam defasados.

Uso de máscara em São Paulo

O governo de São Paulo anunciou que pretende flexibilizar o uso de máscaras contra a Covid-19 até o dia 1º de dezembro. A medida seria para locais abertos e, para ser oficializada, vai depender dos índices de contaminação e do avanço da vacinação no estado.

Investigação da Covaxin

A Polícia Federal encontrou indícios de falsidade ideológica, uso de documentos falsos e associação criminosa na negociação para a compra da vacina Covaxin. De acordo com a PF, os crimes teriam sido cometidos por funcionários da Precisa Medicamentos, que atuaram nas negociações junto ao Ministério da Saúde para vender a vacina indiana ao governo federal.

Leilão do 5G

Está prevista para amanhã a realização do leilão do 5G, o mais recente padrão mundial de internet móvel de alta velocidade, que está prestes a chegar ao Brasil. Quinze empresas enviaram propostas à Anatel.

Proibição do bloqueio de rodovias

O Supremo Tribunal Federal manteve decisão que proíbe o bloqueio de rodovias pelos caminhoneiros. A decisão foi do presidente do STF, Luiz Fux. Continuam válidas as liminares que proíbem atos desse tipo em 20 estados.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN