Goiânia adota isolamento alternado para frear Covid-19

Segundo medida, comércio só poderá abrir depois de 14 dias em que apenas serviços essenciais funcionarão

Pedro Teixeira

Da CNN, em Goiânia

Ouvir notícia
O prefeito de Goiânia Iris Rezende (MDB) publicou, nesta terça-feira (30), um decreto que determinou o revezamento na abertura do comércio na capital goiana para prevenir o contágio pelo novo coronavírus.

A prefeitura informou que, a partir desta quarta-feira (1º), só os serviços essenciais poderão funcionar pelos próximos 14 dias. A determinação autoriza a reabertura das atividades não essenciais depois do cumprimento deste período de quarentena, em que o comércio poderá ficar aberto por outros 14 dias. 

Leia e assista também

Caiado pede apoio de prefeitos para lockdown em Goiás

Avanço da pandemia de Covid-19 em Goiás preocupa governador e prefeitos

Esse revezamento foi a maneira encontrada pelo governador Ronaldo Caiado de tentar aumentar os índices de isolamento em todo o estado. O desejo de Caiado foi compartilhado em uma live feita, na última segunda-feira (29), com prefeitos, empresários e chefes dos poderes estaduais.

No encontro virtual, Caiado compartilhou números da Universidade Federal de Goiás que indicou que o estado poderia ter 18 mil mortes até setembro e que a rede de saúde do estado estaria perto do colapso.

Mais Recentes da CNN