Governo apreende mais de 1,2 mil toneladas de produtos irregulares na fronteira

Segundo balanço anual divulgado no domingo (16), dez estabelecimentos foram interditados, dez pessoas foram presas em flagrante e 1.732 animais foram encontrados em situação irregular

As operações contra produtos irregulares foram realizadas em 16 estados
As operações contra produtos irregulares foram realizadas em 16 estados Divulgação/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Douglas Portoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governo federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, apreendeu 1,2 mil toneladas de produtos irregulares e clandestinos em 13 operações do Programa de Vigilância em Defesa Agropecuária para Fronteiras Internacionais (Vigifronteira). O país tem 15.719 km de fronteiras com dez países.

Segundo o balanço anual divulgado no domingo (16), foram confiscadas 209,2 toneladas de agrotóxicos, 174,8 toneladas de fertilizantes, 573,4 toneladas de sementes, 6,6 mil produtos veterinários, 149,5 toneladas de produtos alimentação animal, 112,9 toneladas de produtos de origem animal, 42,9 toneladas de produtos de origem vegetal e 15,7 mil litros de bebidas.

As operações foram realizadas em 16 estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Alagoas, Pernambuco, Rondônia, Acre, Pará, Maranhão, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Espírito Santo.

Foram treze intervenções ao todo, sendo sete em fronteira terrestre, duas em fronteira marítima, duas em divisas e duas em comércio. As averiguações aconteceram em 336 propriedades, 2,7 mil veículos, 16 embarcações e 28 estabelecimentos.

Como resultado, foram realizadas dez interdições em estabelecimentos, dez prisões em flagrante e 336 autuações. As autoridades ainda encontraram 1.732 animais em situação irregular.

Mais Recentes da CNN