Governo deve liberar R$ 2 bilhões a estados afetados pelas chuvas

Palácio do Planalto edita medida provisória para atender estados como Minas Gerais, Bahia e Goiás, que foram afetados pelas recentes chuvas

Estragos provocados pela chuva no sul da Bahia
Estragos provocados pela chuva no sul da Bahia Isac Nobrega/ Reprodução Palácio do Planalto

Tainá FarfanGustavo Uribeda CNN

Brasília

Ouvir notícia

O governo federal prepara medida provisória que abre um crédito extraordinário de cerca de R$ 2 bilhões para a reconstrução de estradas e atendimento a famílias afetadas pelas enchentes causadas pelas recentes chuvas.

A expectativa é que a medida seja publicada até sexta-feira (14) e sejam atendidos, entre outros estados, Bahia, Goiás, Minas Gerais e Pará. Segundo auxiliares presidenciais, o montante será dividido entre os ministérios da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional.

A medida é fruto de um consenso sobre a necessidade de liberação de mais verba para solucionar estragos causados pelas chuvas. O assunto foi discutido na quarta-feira (12) em reunião no Palácio do Planalto.

Diante da urgência do tema, ministros interromperam o período de férias para participar da reunião, convocada de última hora pelo presidente Jair Bolsonaro.

O governo federal começou a liberar verba para recuperação dos estragos causados pelas fortes chuvas no dia 28 de dezembro, com a publicação da medida provisória que liberou R$ 200 milhões para a recuperação de rodovias.

Após pressão do governador da Bahia, Rui Costa, que considerou insuficiente a verba de R$ 80 milhões para a reconstrução de estradas, o governo federal liberou mais R$ 700 milhões em 30 de dezembro ao Ministério da Cidadania para assistência social e alimentar.

 

Mais Recentes da CNN