Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Jeff Machado: quem foi o ator morto, enterrado em baú e coberto por concreto

    Artista estava desaparecido desde janeiro

    Machado se apresentava como ator, modelo, produtor jornalista, assessor de imprensa e “pai de cães”
    Machado se apresentava como ator, modelo, produtor jornalista, assessor de imprensa e “pai de cães” Reprodução/Instagram

    Fabio Grelletdo Estadão Conteúdo

    O ator Jeff Machado, de 44 anos, encontrado na segunda-feira (22), morto e enterrado em um baú sob dois metros de concreto, no quintal de uma casa no Rio de Janeiro, nasceu em Araranguá, município de Santa Catarina com cerca de 70 mil habitantes, localizado ao sul do estado, e morava na capital fluminense havia nove anos.

    Formado em Jornalismo e Cinema, no início da carreira ele chegou a atuar como colunista social em revistas de Florianópolis e Rio do Sul, município do Vale do Itajaí. Em 1997, se mudou para São Paulo e, vivendo entre a capital paulista e o Rio de Janeiro, dedicou-se ao estudo das artes cênicas.

    Em 2008 voltou para Florianópolis, onde trabalhou nas áreas de imprensa e artes. Foi assessor de imprensa, produtor, diretor de arte, cenógrafo e vitrinista. Em 2014 foi morar no Rio de Janeiro, onde trabalhava como ator e tinha como principal hobby o surfe.

    Ele também gostava de cães – tinha oito, todos da raça setter e chamados com nomes de artistas: “Meus filhos Tim Maia, Nando Reis, Elis Regina, Cazuza, Vinícius de Moraes, Gilberto Gil, Rita Lee e Caetano Veloso”, escreveu em uma publicação no Instagram em 1º de janeiro deste ano, quando desejou “Feliz 2023!” aos seguidores.

    Nessa rede social, em que tinha 10,9 mil seguidores, ele se apresentava como ator, modelo, produtor jornalista, assessor de imprensa e “pai de cães”. Entre as 303 publicações que postou, estão fotos suas na praia de nudismo de Abricó, na zona oeste do Rio.

    Machado estava desaparecido desde janeiro. À época, interpretava um soldado filisteu na novela Reis, exibida desde março de 2022 pela Record TV. Os cães do artista foram encontrados em situação de abandono e seis foram levados para tratamento em uma clínica veterinária.

    Agentes da Delegacia de Descoberta de Paradeiros descobriram há cerca de 15 dias que Jeff estava morto, após terem conseguido a quebra do sigilo telefônico de um suspeito no caso. Na segunda-feira, o corpo do ator foi finalmente encontrado, em estado avançado de decomposição, com os braços amarrados acima da cabeça e ferimentos no pescoço.