Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ministra Anielle Franco pediu desculpas por postagens de assessora, afirma presidente do São Paulo

    Julio Casares diz que "aguarda, com urgência, as providências cabíveis"

    A ministra Anielle Franco
    A ministra Anielle Franco Valter Campanato/Agência Brasil

    Felipe Andradeda CNN

    A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, entrou em contato com o presidente do São Paulo, Julio Casares, e se desculpou pelas postagens realizadas por uma assessora do Ministério durante a partida entre São Paulo e Flamengo, pela final da Copa do Brasil, no último domingo.

    Casares relatou, em seu perfil no Instagram, ter ouvido de Anielle que “medidas serão tomadas”.

    A polêmica teve início no domingo, quando a assessora especial do Ministério da Igualdade Racial, Marcelle Decothé, fez postagens em seu Instagram chamando a torcida do São Paulo de “branca, descendente de europeu safado”.

    Em outras postagens, Marcelle chamou a diretoria do Flamengo de “fascista” e ainda disse ser uma “morte horrível” entrar no estádio do Morumbi em um carro da Polícia Federal.

    Em nota, o Ministério da Igualdade Racial confirma a ligação feita pela ministra Anielle Franco ao presidente do São Paulo, Julio Casares. Diz, ainda, que “recebeu a informação a respeito da postagem das servidoras em perfil privado de rede social e que, ainda que as postagens tenham sido feitas em tom informal, o caso será submetido às instâncias internas de investigação para apuração da conduta das servidoras.”