Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sobe para 8 o número de mortos em decorrência das chuvas no Rio de Janeiro

    Bombeiros seguem em busca de um desaparecido em Mendes

    Chuva provoca mortes e deixa desaparecidos no RJ
    Chuva provoca mortes e deixa desaparecidos no RJ Reprodução/ redes sociais

    Da CNN

    Pelo menos 8 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na noite de quarta-feira (21). Segundo informou o Corpo de Bombeiros nesta quinta-feira (22), duas pessoas morreram em Nova Iguaçu, quatro em Barra do Pirai e duas em Japeri.

    Os bombeiros seguem em busca de um desaparecido em Mendes.

    Mortes

    Em Japeri, na Baixada Fluminense, uma criança morreu após o desabamento de uma casa. O imóvel foi atingido por um deslizamento de terra e ficou destruído. A prefeitura de Japeri informou outra morte em decorrência das chuvas.

    Em Barra do Piraí, no Sul do estado, uma encosta cedeu e atingiu uma casa de três andares. Quatro pessoas morreram.

    Em Nova Iguaçu, dois homens morreram em decorrência das tempestades. Um no bairro Ipiranga, outro em Jardim Pernambuco.

    Jovem salva

    O jovem que salvou uma mãe e dois filhos de uma enxurrada, na região metropolitana do Rio de Janeiro, não costumava fazer o trajeto que culminou no resgate na noite desta quarta-feira (21), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

    De acordo com Marcos Vinicius, de 20 anos, o ônibus em que ele estava mudou a rota devido à inundação e a alteração no trajeto fez com que os destinos dele e das vítimas se cruzassem.

    “A enchente me fez mudar de rota e ajudar aquela família”, disse Marcos, à CNN.

    Buscas em Mendes

    No município de Mendes, também no Sul do Rio de Janeiro, um novo deslizamento foi registrado. Segundo os bombeiros, duas pessoas foram resgatadas com vida e uma criança de seis anos está desaparecida.

    Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, foram registradas 130 ocorrências relacionadas às chuvas, nas últimas 24 horas.

    De acordo com o Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), é muito alto o risco hidrológico em Nova Iguaçu, Queimados, Barra do Piraí, Mendes, Paracambi, Porto Real, Engenheiro Paulo de Frontin, Japeri, Belford Roxo e Rio de Janeiro. Há possibilidade de inundações e alagamentos.