Mortes pelas chuvas, testes nas urnas eletrônicas e mais de 30 de maio

Segundo levantamento da CNN, 479 pessoas morreram em decorrência das tempestades desde o ano passado em todo o Brasil

Bombeiros, Exército e moradores buscam por pessoas desaparecidas nos deslizamentos em Pernambuco.
Bombeiros, Exército e moradores buscam por pessoas desaparecidas nos deslizamentos em Pernambuco. JOÃO CARLOS MAZELLA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Da CNN

Ouvir notícia

As fortes chuvas em Pernambuco já causaram mais de 90 mortes até esta segunda-feira (30). Assim, segundo levantamento da CNN, 479 pessoas já morreram em decorrência das tempestades em todo o Brasil desde o ano passado. O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de vítimas.

Mortes pelas chuvas desde o ano passado ultrapassam 470 no Brasil

Segundo um levantamento da CNN, 479 pessoas morreram no Brasil desde o ano passado em decorrência das chuvas.

Até o momento, o Rio de Janeiro é o estado com o maior número de vítimas. Somando os dados da região de Petrópolis e da Baixada Fluminense, somente neste ano, foram 264 mortes por essa causa.

Apenas a região Sul não registrou mortes provocadas por chuva no período analisado pela CNN.

Após as fortes chuvas em Pernambuco, que já causaram mais de 90 mortes na última semana, o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, nesta segunda-feira (30), a liberação de R$ 1 bilhão para a atender as vítimas, restabelecer serviços essenciais e reconstruir estruturas danificadas após os temporais no estado

Comissão valida teste realizado em urnas eletrônicas

A Comissão Avaliadora do Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação afirmou, em um relatório final enviado nesta segunda-feira (30), ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, que os resultados obtidos demonstram “maturidade dos sistemas eleitorais”.

A comissão avaliadora, responsável por este parecer, é considerada pelo TSE uma das mais importantes por ser responsável por validar a metodologia e os critérios de julgamento e avaliar e homologar os resultados dos testes.

Cantareira com menor nível desde maio de 2016

O Sistema Cantareira, principal reservatório da Região Metropolitana de São Paulo, opera nesta segunda-feira (30) com 41,5% de sua capacidade, nível mais baixo desde maio de 2016, quando marcou 36,9%, segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

O ano de 2016 foi o primeiro de recuperação após a crise hídrica na região. Em 2015, o volume nesta mesma data era negativo: – 9,8% — ainda mais baixo do que foi registrado em 2014, de 6,8%.

Neste mês de maio de 2022, as chuvas ficaram abaixo da média na região do Cantareira. Até a sexta-feira (27), só havia chovido 42,24% da média histórica, o que corresponde a 31,6 mm, enquanto a média para maio é de 74,8 mm.

Acumulado de 12 meses do IGP-M volta a ficar abaixo da inflação oficial após 4 anos

O IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), da FGV, considerado a “inflação do aluguel”, acumulou alta de 10,72% nos últimos 12 meses. Com isso, o indicador volta a ficar abaixo do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) pela primeira vez em 48 meses.

Desde abril de 2018 o IGP-M não ficava abaixo do IPCA no acumulado dos 12 meses. Na época, a inflação do aluguel acumulou alta de 1,89%, enquanto o indicador oficial da inflação no país, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), estava acumulado em 2,76% no período.

Rússia corta fornecimento de gás a empresa holandesa

A empresa estatal russa Gazprom anunciou que cortará, nesta terça-feira (31), o fornecimento de gás para a companhia holandesa GasTerra. Isso acontece após a recusa do pagamento em rublos, uma exigência de Moscou.

A GasTerra disse que pediu repetidamente à Gazprom que cumprisse seus métodos de pagamento contratuais e obrigações de entrega, mas não obteve sucesso.

O ministro da Energia da Holanda disse no Twitter que “esta decisão não terá consequências para a entrega física de gás às residências holandesas”.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

*publicado por Tiago Tortella, da CNN

Mais Recentes da CNN