Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Muro perto de sinagoga e do Museu do Holocausto no Rio é pichado com apoio à Palestina

    Câmeras de segurança indicam que ao menos quatro pessoas participaram da pichação; parede já foi pintada pela prefeitura carioca

    Muro foi pichado com mensagem em apoio à Palestina no Rio
    Muro foi pichado com mensagem em apoio à Palestina no Rio Reprodução

    Guilherme Gamada CNN* São Paulo

    Um muro perto da sinagoga da Associação Religiosa Israelita (ARI) e do Museu do Holocausto, no Rio, foi pichado, na terça-feira (24), com frases em apoio à Palestina.

    A pichação apresentava erros de português. “Palestina resisisiste (sic)! Palestina triunfará!”

    A Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro (Fierj) enviou fotos do muro pichado à prefeitura carioca e pediu ajuda na limpeza, o que aconteceu na própria terça-feira.

    “O que temos visto na ruas  — e também recebido denúncias sobre postagens em redes sociais — decorre da ação de uma militância radical sobre o conflito, antissemita, e que, lamentavelmente, se apropria de recortes distorcidos para desumanizar judeus”, disse Alberto David Klein, presidente da Fierj. “Não há equivalência moral entre o terrorismo brutal do Hamas e a reação militar de um país livre”.

    Para o subprefeito da zona sul do Rio, Flávio Valles, “pichações e provocações desta forma não são bem-vindas e vamos seguir combatendo”.

    A subprefeitura informa que abriu um boletim de ocorrência para que os responsáveis sejam identificados. Imagens de câmeras de segurança foram coletadas. Ao menos quatro pessoas participaram da pichação.

    A CNN entrou em contato com a Polícia Civil, mas não obteve retorno até o fechamento da reportagem.

    *Sob supervisão de Márcia Barros, editado por Nathan Lopes

    Tópicos

    Tópicos