Mutirão da vacinação tem 34 mil vacinados no primeiro dia na cidade do Rio

Mais de 547 mil pessoas ainda precisam ir aos postos na cidade para receber a segunda dose

Vacinação contra Covid-19 no Rio de Janeiro
Vacinação contra Covid-19 no Rio de Janeiro Reuters

Ouvir notícia

A cidade do Rio de Janeiro imunizou mais de 34 mil pessoas no primeiro dia da mega vacinação pelo Brasil, no sábado (21). Foram 19.570 que receberam a segunda dose e 13.287 com a terceira, a dose de reforço. Durante o primeiro dia do mutirão, o Rio ainda teve 1.753 que foram tomar a primeira dose.

O mutirão realizado nas cidade do Rio de Janeiro, São Paulo (SP), Manaus (AM), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Salvador (BA) tem como foco ampliar o índice de brasileiros com o esquema vacinal completo. Na semana passada, o país ainda tinha 100 milhões de pessoas com o esquema atrasado.

Na capital fluminense, mais de 547 mil pessoas já poderiam ter voltado aos postos para a segunda dose. Dessas, que tiveram a imunização acelerada, 41 mil estão na faixa entre 18 e 20 anos e 372 mil são adolescentes.

300 milhões de doses

O mutirão começou no dia em que o país chegou à marca de 300 milhões de doses contra a Covid-19 aplicadas desde o início da campanha de imunização e a cidade do Rio de Janeiro ultrapassou 12 milhões.

“Foi um dia de mobilização importante, precisamos que os adolescentes voltem para a segunda dose e que eles aproveitem a antecipação para que fiquem protegidos”, declarou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

O Rio de Janeiro optou por seguir o intervalo entre as etapas determinado pelos fabricantes, com 12 semanas para AstraZeneca, quatro para Coronavac e três para Pfizer. A cidade soma 89,4% da população acima de 12 anos com as duas doses.

Em todo o país, segundo o Ministério da Saúde, são 21 milhões de pessoas que já podem receber a segunda dose, 2,9 milhões delas têm entre 30 e 34 anos e 2,8 milhões, entre 25 e 29 anos. Já outros 12 milhões devem ir aos postos para a dose de reforço.

A mega vacinação segue até a próxima sexta-feira (26).

Mais Recentes da CNN