Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nove estados oferecem apoio dos bombeiros a Pernambuco

    Mais de 90 pessoas morreram no estado desde sexta-feira (27) por causa das chuvas

    Cleber RodriguesGiulia Alecrimda CNN

    no Rio de Janeiro e São Paulo

    O trabalho de resgate às vítimas das fortes chuvas em Pernambuco, já conta com o reforço de homens e mulheres do Corpo de Bombeiros de nove estados brasileiros, além dos militares que já atuam em PE.

    De acordo com o Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) e com um levantamento da Agência CNN, equipes da Bahia, Rio Grande do Norte, Paraíba, Amazonas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Goiás somam esforços aos militares de Pernambuco, na busca por sobreviventes.

    Na manhã de domingo (29), onze bombeiros de Minas Gerais embarcaram para Pernambuco levando recursos como detectores, luzes e demais equipamentos específicos para o resgate de vítimas soterradas.

    À CNN, o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e presidente da Ligabom, Coronel Edgard Estevo, afirmou que militares do Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, além de outros estados, já estão de prontidão para envio de equipes, caso seja necessário.

    “Em algum momento pode ser que a gente desloque com novas equipes para Pernambuco, para reforçar o time que ali está e, assim, teremos equipes capacitadas, com melhor treinamento e equipamentos específicos para busca e salvamento no terreno que se encontra a cidade de Recife e outras cidades adjacentes e prestar, dessa forma, o melhor serviço a população”, diz Estevo.

    Sobre a Ligabom

    Criado em 2003, o Conselho é um Órgão Colegiado composto pelos Corpos de Bombeiros Militares de todo País e representante legítimo desta classe junto a diversos Órgãos em todas as esferas, mas especialmente junto à Federação.

    Em 2019, o Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros mobilizou 14 corporações do país para o resgate às vítimas em Brumadinho-MG, em decorrência da queda de uma barragem. A mobilização se repetiu no fim de 2021, após as fortes chuvas na Bahia e, em março deste ano, na tragédia em Petrópolis, que deixou mais de 230 mortos.

    Corpo de Bombeiros de Minas Gerais ajuda vítimas em Pernambuco / Corpo de Bombeiros de MG

    Ajuda do Rio de Janeiro

    Em entrevista à CNN, o comandante do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, Leandro Monteiro, afirmou que a corporação está à disposição do governo de Permambuco para auxiliar no trabalho de resgate às vítimas.

    De acordo com Monteiro, a disponibilidade já foi comunicada à Liga Nacional dos Bombeiros (LIGABOM), que está responsável pela distribuição das equipes de outros estados.

    “Desde o início da noite de sábado (28) colocamos à disposição militares, equipamentos, cães farejadores e viaturas. Quem está controlando isso tudo é o presidente da Liga Nacional dos Bombeiros, que também é comandante do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Ele está trabalhando por demanda. A partir do momento que necessita lá, ele solicita aos estados mais próximos. Vários estados já enviaram e a nossa equipe está aquartelada aguardando o chamado”, afirma Leandro Monteiro.

    Ainda segundo Monteiro, as equipes que estão de prontidão, são as mesmas que atuaram em outros desastres naturais, como o ocorrido em março deste ano, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, quando mais 230 pessoas morreram vítimas das chuvas e deslizamentos de terra.

    “São militares formados em desastres de estruturas colapsadas. Esses militares estão à disposição do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), desde sábado (28), para embarcar a qualquer momento”, explica.