Olimpíada do Rio trouxe melhora para indicadores da cidade, diz autor de livro

À CNN, Marcelo Neri, no entanto, disse que há pontos problemáticos, especialmente após os Jogos

Abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016
Abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro em 2016 Foto: Comitê Olímpico do Brasil (COB)

Amanda Garcia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O co-autor do livro “Evaluating the local Impacts of The Rio Olympics” (Avaliando os impactos locais da Olimpíada do Rio, em tradução livre), Marcelo Neri, acredita que os Jogos de 2016 foram importantes para a cidade, embora há pontos de preocupação.

“O livro mostra que o Rio vinha decaindo desde os anos 70, de piora relativa, comparando o RJ com outras cidades; entre o anúncio dos jogos e a realização em 2016, houve reversão na grande maioria dos indicadores”, disse.

No entanto, ele citou áreas críticas, como “mobilidade, saneamento, despoluição da Baía de Guanabara.” Mesmo assim, ele reforçou a relevância da maior competição esportiva: “Houve recessão econômica entre 2014 e 2016, a Olimpíada foi importante para manter a roda da economia funcionando, foi relevante.”

Neri ainda disse que duas lições foram aprendidas. Uma de que “o legado vai depender da gestão, se a gestão é boa, legado vai ser melhor.”

E a outra de que o Rio de Janeiro “decaiu muito” depois da Olimpíada. A evolução da cidade é em formato de “w”, com quedas sucessivas.

O livro possui 13 autores, com 196 páginas, e traz comparações com outros Jogos, questão urbanística do RJ, além de um grande painel de resultados sobre o que deu certo e o que deu errado.

Mais Recentes da CNN