Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Operação no litoral paulista após morte de PM da Rota por “sniper do tráfico” tem 128 presos e 16 mortes

    De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), 18 pessoas foram detidas na quinta-feira (3) pela Polícia Militar; quase 500 kg de drogas foram apreendidos

    Viatura policial da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). Soldado Patrick Bastos Reis foi morto enquanto fazia patrulhamento em uma comunidade em Guarujá
    Viatura policial da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). Soldado Patrick Bastos Reis foi morto enquanto fazia patrulhamento em uma comunidade em Guarujá Divulgação/Governo do Estado de SP

    Da CNN

    O número de presos na Operação Escudo, na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, chegou a 128 na quinta-feira (3). De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), 476 quilos de drogas foram apreendidos.

    Na quinta-feira, a Polícia Militar (PM) prendeu 18 pessoas. Desse total, sete eram procuradas pela Justiça e estavam foragidas. Outras 26 suspeitos também foram detidas pela Polícia Civil.

    Veja também: Sobe para 16 o número de mortos em ação no litoral de SP

    Em sete dias de operação, a PM vistoriou 2.566 automóveis, dos quais 175 foram removidos, e 1.421 motocicletas, das quais 138 foram recolhidas.

    A Operação Escudo teve início no último dia 28, após o soldado da PM Patrick Bastos Reis, membro das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), ser morto enquanto fazia patrulhamento em uma comunidade em Guarujá.

    (Publicado por Lucas Schroeder)