Para conter Covid-19, Baixada Santista fecha a orla no Réveillon

As praias ficarão fechadas nos dias 31/12 e 1º/1 com grades e policiamento ostensivo no litoral de São Paulo

Raquel Landimda CNN

Ouvir notícia

 

Os nove municípios da Baixada Santista vão fechar suas praias no Réveillon para evitar aglomerações e transmissão da Covid 19. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (23) em reunião dos prefeitos.

As praias ficarão fechadas nos dias 31/12 e 1º/1 com grades e policiamento ostensivo. Não será permitido o acesso de turistas ou da população local. Também está vetado o “bate e volta” para passar o Réveillon na praia.

Leia também:
Nova cepa do coronavírus pode ser capaz de infectar crianças, dizem cientistas
Polícia apura possível fake news de venda de vacina contra Covid-19 em camelô no RJ
Vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia testa positivo para Covid-19

Praias localizadas no Município de Itanhaém, Baixada Santista
Praias localizadas no Município de Itanhaém, Baixada Santista, litoral sul do Estado de São Paulo
Foto: Antonio Molina/FotoArena/Estadão Conteúdo

Barreiras sanitárias feitas pela Polícia Militar vão impedir a passagem nas estradas de ônibus, vans e veículos de passeio que não tenham comprovante de residência ou de hospedagem.

Para conseguir fazer uma fiscalização efetiva, os municípios vão contar com o apoio logístico do governo estadual por meio da Polícia Militar. O fechamento da orla é um endurecimento em relação ao que já foi feito pelo governador João Doria.

Nesta terça-feira (22), as autoridades de saúde do Estado haviam anunciado que funcionariam apenas atividades essenciais nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e em 1º, 2 e 3 de janeiro.

“É preciso respeito aos profissionais da saúde e às pessoas que perderam parentes na pandemia. Não foi um ano normal e não podemos festejar como se tivesse sido”, disse à CNN Paulo Barbosa, prefeito de Santos.

Destaques do CNN Brasil Business
Investimento para os filhos: quais as melhores alternativas para o longo prazo?
Fundos imobiliários: veja alguns que se saíram bem em 2020, apesar da pandemia
Elon Musk diz que já tentou vender Tesla para Apple

A taxa de ocupação de leitos de UTI da Baixada Santista está abaixo de 50%, o que ajuda a manter a região na fase amarela do Plano São Paulo. Segundo Barbosa, o objetivo da restrição no réveillon é tentar manter nesse patamar e não retroceder em 2021.

Mais Recentes da CNN