Passageiro é retirado de voo após agredir comissária e se negar a usar máscara

Avião havia decolado do Aeroporto de Fortaleza e precisou retornar ao terminal após a confusão

REUTERS/Sergio Moraes

Cleber SouzaDanilo Moliternoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Um passageiro foi retirado de um voo da companhia aérea Azul por se recusar a usar máscara de proteção e por agredir uma funcionária da empresa. O avião havia decolado do Aeroporto de Fortaleza e teve de retornar ao terminal na noite de quinta-feira (30) após a confusão.

Em comunicado, a Azul informou que o passageiro foi contido e retirado da aeronave pela Polícia Federal. Um boletim de ocorrência também foi registrado contra o agressor na capital do Ceará.

A empresa também afirmou que, após a ação da Polícia Federal, o avião decolou novamente em direção a Belo Horizonte e que o voo transcorreu normalmente.

A Azul se desculpou com os passageiros. “A companhia lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos aos seus clientes e ressalta que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança de suas operações”, afirmou no comunicado.

Mais Recentes da CNN