Pessoas do mundo todo podem ajudar a criar o acervo digital do Cristo Redentor

Fotos, vídeos e documentos históricos vão compor o Núcleo de Acervo e Memória do Santuário Cristo Redentor, que será todo digital

Cristo Redentor será o local da primeira vacinação contra Covid-19 no Rio de Janeiro
Cristo Redentor será o local da primeira vacinação contra Covid-19 no Rio de Janeiro Foto: Wolfgang Rattay - 2.ago.2016/Reuters

Isabelle Resendeda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A pouco menos de um mês do aniversário de 90 anos do Cristo Redentor, o Santuário do Cristo está convidando pessoas do mundo inteiro para colaborar com o acervo digital, que promete ser o maior do mundo.

Fotos, vídeos e documentos podem ser enviados através do site do Santuário Cristo Redentor.

O material vai compor o Núcleo de Acervo e Memória do Santuário Cristo Redentor, para que, em breve, seja construído o museu virtual do espaço.

Para o reitor do santuário, Padre Omar, o objetivo da iniciativa é fazer com que cada visitante, de forma colaborativa, faça parte da história do acervo de uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

“Da mesma forma que na época da construção do Monumento ao Cristo Redentor, o senso colaborativo e comunitário também está presente no mundo digital. Será o maior Acervo Digital Colaborativo do mundo, sendo o Cristo Redentor a única das novas maravilhas que possui uma plataforma com inigualável tecnologia, gerando engajamento, preservando a estética e fomentando a memória”, afirma o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar.

O Cristo Redentor completa 90 anos no próximo dia 12 de outubro. São 90 anos de história de um dos maiores patrimônios culturais do mundo que estão diretamente relacionados à História do Rio de Janeiro e, consequentemente, do Brasil. O monumento foi criado em 1931, por meio de uma grande campanha de arrecadação para a construção, realizada pelo Cardeal Leme, contando com a colaboração de diversas instituições e principalmente, da comunidade.

Estima-se que, durante toda a trajetória, desde a concepção e execução da obra até os dias atuais, milhões de pessoas produziram e produzem diariamente registros de cunho histórico, religioso, acadêmico, cultural, social, ambiental e turístico sobre e com o monumento.

Mais Recentes da CNN