PF: investigações apontam que “não houve mandantes” em crime contra Dom e Bruno

Em nota, a corporação diz acreditar "que os executores agiram sozinhos"

Polícia leva homem para barco em buscas por Dom Phillips e Bruno Pereira
Polícia leva homem para barco em buscas por Dom Phillips e Bruno Pereira 15/06/2022REUTERS/Bruno Kelly

Da CNN

Ouvir notícia

A Polícia Federal afirmou nesta sexta-feira (17) que as investigações sobre o desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira indicam que “os executores agiram sozinhos”. Em nota, a corporação diz que a apuração indica que não houve um mandante por trás do crime. A informação foi adiantada na quinta-feira (16) pelo analista CNN Kenzô Machida.

Segundo a PF, “há indícios da participação de mais pessoas”.

“As investigações prosseguem e há indicativos da participação de mais pessoas na prática criminosa. As investigações também apontam que os executores agiram sozinhos, não havendo mandante nem organização criminosa por trás do delito”, afirma o comunicado.

A Polícia Federal informa que novas prisões podem ocorrer. Pelo menos cinco suspeitos são investigados. Amarildo Oliveira da Costa, conhecido como Pelado, confessou ter participado do assassinato da dupla.

Confira imagens das buscas por Bruno Pereira e Dom Phillips

(Publicado por Renan Porto)

Mais Recentes da CNN