Polícia cumpre 46 mandados contra fraudes na Secretaria de Saúde do DF

Operação Gotemburgo investiga esquema fraudulento no valor de R$ 123 milhões em 11 licitações

Jéssica Otoboni,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A Polícia Civil cumpre nesta quinta-feira (10) 46 mandados de busca e apreensão em 3 estados (São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás) e no Distrito Federal. 

A Operação Gotemburgo investiga fraudes na Secretaria de Saúde do DF, no valor de R$ 123 milhões, em 11 licitações para a compra de equipamentos médicos entre 2009 e 2015. Portanto, as ações investigadas não têm relação com a atual pandemia do novo coronavírus.

Um dos alvos da ação de hoje é Rafael Barbosa, ex-secretário de Saúde do Distrito Federal.

Assista e leia também:
Secretário de Saúde do DF é preso suspeito de fraude em testes de Covid-19
MP do Rio tenta retomar 11 investigações de fraudes na saúde
Alvos de prisão por fraude na saúde do Rio são investigados pelo MP há 6 anos

Hospital de Parelheiros
Hospital de Parelheiros
Foto: CNN (25.mai.2020)

Em São Paulo, são cumpridos 6 mandados de busca e apreensão na capital paulista e em São Bernardo do Campo. Entre os alvos, estão a sede e a casa do dono da C&R Licitações, uma das empresas envolvidas no esquema, e outras quatro pessoas. 

A ação é comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do DF, e conta com a participação de policiais do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) e do Gaeco do Ministério Público de SP.

(Com informações de Bia Gurgel e Tainá Farfan, da CNN, em Brasília, e Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo)

Mais Recentes da CNN