Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia prende no Rio homem suspeito de envolvimento na morte de torcedora palmeirense

    Torcedor do Flamengo foi identificado como Jonathan Messias Santos da Silva; ele será levado para SP

    Jonathan Messias Santos da Silva, suspeito de envolvimento na morte da torcedora palmeirense Gabriela Anelli
    Jonathan Messias Santos da Silva, suspeito de envolvimento na morte da torcedora palmeirense Gabriela Anelli Divulgação/Polícia Civil do RJ

    Carolina Figueiredoda CNN

    em São Paulo

    A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (25), na capital fluminense, um homem suspeito de envolvimento na morte de torcedora palmeirense Gabriela Anelli, no último dia 9, em São Paulo, informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

    O torcedor do Flamengo foi identificado como Jonathan Messias Santos da Silva.

    O suspeito foi preso no bairro de Campo Grande, no Rio de Janeiro. Ele será apresentado em uma unidade policial do estado e depois seguirá para São Paulo.

    Gabriela Anelli morreu após ser atingida por uma garrafa de vidro no pescoço. Um suspeito havia sido preso, mas teve a prisão revogada após vídeos levados ao órgão mostrarem que o objeto teria sido arremessado por outra pessoa.

    Confusão nos arredores do Allianz

    Segundo a Polícia Militar, o tumulto começou quando dois torcedores flamenguistas entraram em uma das ruas que dá acesso ao portão “A” do estádio palmeirense, o que gerou a insatisfação de torcedores alviverdes que assistiam ao jogo em estabelecimentos comerciais na área externa do Allianz Parque.

    Uma confusão generalizada começou e uma garrafa de vidro, entre outras coisas, foram lançadas. Além de Gabriela, outro torcedor também ficou ferido.