Possível volta do auxílio emergencial, racha no PSDB e mais de 10 de fevereiro

As notícias mais importantes da noite desta quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Os preparativos para uma volta do auxílio emergencial, o racha no PSDB e o impasse entre a Anvisa e governo sobre o prazo para liberação de vacinas são alguns dos destaques da noite desta quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021.

Importunação

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) decidiu, por unanimidade, dar andamento ao processo contra o deputado Fernando Cury (Cidadania), acusado pela colega Isa Penna (PSOL) de importunação sexual. Cury foi flagrado em vídeo apalpando o seio da deputada no plenário da Câmara.

Anvisa X MP das vacinas

A Anvisa quer que Jair Bolsonaro (sem partido) vete o trecho da medida provisória que dá prazo de cinco dias para a liberação de vacinas. À CNN, o presidente da agência, Antônio Barra Torres, falou em ‘risco sanitário grave‘ e disse que não é possível analisar o pedido em tão pouco tempo.

Disputa política

O governador de São Paulo, João Doria, volta a cobrar uma posição do PSDB sobre a expulsão do deputado mineiro Aécio Neves. Os dois protagonizam uma disputa interna no partido por conta da eleição da Câmara dos Deputados. Doria diz que Aécio deve aderir à oposição ao governo Jair Bolsonaro (sem partido) ou deixar o PSDB. Já Aécio acusa Doria de tentar se apropriar do partido.

Auxílio

O Governo Federal decidiu que uma nova rodada do auxílio emergencial será anunciada. O Planalto corre para colocar de pé, ainda nas próximas semanas, a proposta a ser enviada ao Congresso.

Denúncias

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, Renato Duque, ex-diretor de serviços da Petrobras, e outras 13 pessoas por crimes em 49 contratos com a estatal. Entre os crimes, estão formação de cartel, lavagem de dinheiro e fraude à licitação.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em https://newsletter.cnnbrasil.com.br.

 

Mais Recentes da CNN