Praias, bares e transporte público lotam durante feriado no Rio de Janeiro

Em locais famosos, como Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, as praias estavam lotadas de pessoas neste domingo (6)

Jairo Nascimento,

da CNN, no Rio

Ouvir notícia

O domingo (6) foi marcado por muito sol, banho de mar e aglomeração nas praias do Rio de Janeiro. Em locais famosos, como Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, as praias estavam lotadas de pessoas e irregularidades – já que há um decreto municipal que proíbe banho de sol e parte do comércio.

De acordo com a prefeitura do Rio, até 12h30, a temperatura máxima foi de 34°C. Já o índice de isolamento social era de 52% – no sábado, a cidade apresentou o menor índice de isolamento social nas últimas três semanas: 37%.

A capital fluminense está na fase 6A do plano de retomada. Estão permitidos o banho de mar e comércio de ambulantes. O banho de sol e o aluguel de cadeiras e barracas estão proibidos, porém muitas pessoas desrespeitam as medidas. Não havia fiscalização das milhares de pessoas na faixa de areia.

As equipes da CNN também flagraram o transporte público lotado. O Metrô do Rio estava com vagões cheios por volta das 13h30 na estação do Jardim Oceânico, na Zona Oeste.

Assista e leia também:

Praias brasileiras registraram movimentação intensa no sábado (5)

Mesmo com restrições nas praias, feriado deve movimentar turismo no Rio

Saiba quais cuidados tomar se for viajar no feriado

Entre sábado e domingo, os bares estavam cheios. A região da Rua Dias Ferreira, no Leblon, tinha frequentadores no estabelecimento e na calçada. A Polícia Militar tentou dispersar os clientes, mas uma nova aglomeração se formou 600 metros adiante.

Milhares de pessoas encheram as prais do Rio neste domingo (6)
Com temperaturas de até 34ºC, milhares de fluminenses e turistas encheram as prais do Rio neste domingo (6)
Foto: Jairo Nascimento/ CNN Brasil

Por nota, a PM disse que trabalha através da “conscientização e do diálogo” e que não houve ocorrências. Também foram registradas festas na Praia da Reserva, no Recreio, e na orla da Barra da Tijuca, ambas na Zona Oeste do Rio.

Também em nota, a Guarda Municipal afirmou que “mantém as ações de patrulhamento e de fiscalização das infrações sanitárias” em toda a cidade do Rio, incluindo nas praias.

“O comboio das equipes (…) circulam em toda orla da região para desmobilizar aglomerações, orientar os banhistas a não ficarem na areia e multam os cidadãos flagrados sem máscara.”

A organização informou que os dados sobre notificações no fim de semana serão consolidados nos próximos dias.

Prefeitura pede cumprimento de regras

A prefeitura do Rio fez um apelo neste domingo para que a população siga as regras do plano de flexibilização “visto que a pandemia ainda está em curso, e o descumprimento dessas normas pode trazer graves consequências.”

“É fundamental que aglomerações sejam evitadas, como em praias e bares, porque a disseminação do vírus da Covid-19 expõe todos ao risco”, afirmou o governo municipal, em nota.

“Quem vai às ruas em condições inadequadas e descumprindo as regras sanitárias, pode não só contrair a doença, mas também contaminar outras pessoas, incluindo seus familiares em casa. Seguir as regras é um ato de responsabilidade.”

Mais Recentes da CNN