Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prefeito de Franco da Rocha (SP) diz que área central segue alagada

    Em entrevista à CNN, Nivaldo Santos disse que um dos principais pontos de atenção é no Parque Paulista, onde houve deslizamento e que Defesa Civil e Bombeiros continuam no local em busca de desaparecidos

    Ana Carolina NunesLudmila CandalGiulia Alecrimda CNN

    Ouvir notícia

    Em entrevista à CNN na noite deste domingo (30), o prefeito de Franco da Rocha (SP), Nivaldo Santos (PSDB-SP) comentou a cidade, fortemente atingida pela chuva neste fim de semana, ainda está com a área central alagada. “A água está abaixando, mas devagar”, relatou o prefeito. Franco da Rocha declarou situação de emergência neste domingo (30).

    Franco da Rocha, na região metropolitana de São Paulo, foi atingida por fortes chuvas na madrugada deste domingo (30). Segundo a Defesa Civil Estadual, a cidade recebeu o volume de 160 mm em 24h. Todas as vias da região central continuam interditadas, tanto para motoristas quanto para pedestres.

    O prefeito também afirmou que um dos principais pontos de atenção é no Parque Paulista, onde houve deslizamento de barranco que atingiu residências. Na entrevista, Santos chegou a dizer que foram registrados oito óbitos por conta desse deslizamento, mas a informação foi corrigida por volta das 23h pela prefeitura para quatro óbitos.

    As equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros continuam trabalhando no local em busca de outras vítimas. De acordo com a prefeitura, no momento, são 14 desaparecidos.

    A prefeitura ainda não tem fechado o número de desabrigados ou desalojados, mas tem quatro locais organizados para abrigar emergencialmente as pessoas que precisam de apoio.

    Ainda segundo a prefeitura, a represa Paiva Castro atingiu 77,5% da capacidade. “A água continua sendo bombeada e todas as manobras para evitar a abertura das comportas estão sendo feitas. Estamos em alerta máximo com nossas equipes e a Sabesp”, informa a prefeitura.

    O governador do estado de São Paulo, João Doria, esteve no município neste domingo e anunciou a liberação de R$ 5 milhões de para gastos emergenciais, para ajudar a mitigar os danos causados pela enchente.

    Mais Recentes da CNN