Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prefeito de Itapetinga (BA) diz que captação de água foi afetada pelas chuvas

    Em entrevista à CNN, Rodrigo Hagge afirmou que o volume atingido pelo rio foi "inesperado". Colchões, roupas e proteínas estão entre itens prioritários para doações

    Giovanna GalvaniJorge Fernando Rodriguesda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Uma das cidades afetadas pelas fortes chuvas que atingem a Bahia, Itapetinga está atualmente sem fornecimento de água após o sistema de captação ser inundado e as bombas danificadas, disse o prefeito Rodrigo Hagge (MDB) à CNN nesta segunda-feira (27).

    “A nossa captação de água foi totalmente inundada. As bombas e os painéis da autarquia que faz o abastecimento de agua do município foram estragados”, declarou. “Estamos em contato com outras cidades para que possam mandar uma estação flutuante. Com ela, vamos conseguir normalizar cerca de 1/3 do abastecimento”.

    Segundo Hagge, carros pipa de indústrias locais estão ajudando no fornecimento de água à população. O prefeito estima que 3500 pessoas estejam desabrigadas no momento – 3 mil em casas de parentes e amigos, e outras 500 em abrigos emergenciais.

    Com a perspectiva de um retorno das chuvas nesta segunda, o prefeito fez um apelo para que as pessoas ainda não retornem às residências localizadas em áreas de risco.

    “Passamos um dia ontem sem chuvas, então muitas pessoas quiseram voltar para suas residências. Nessa madrugada, a chuva voltou a cair no município, então estamos continuando a campanha para que as pessoas continuem em locais seguros e não retornem a residências em locais que representam riscos”, disse.

    Ainda segundo o prefeito, as chuvas fortes vêm sendo registradas em Itapetinga há pelo menos 1 mês, mas foi a combinação dos temporais com o rompimento de barragens e açudes próximos que ocasionou uma alta histórica no rio que corta a região. “Foi totalmente inesperado a forma como esse volume de agua se comportou”, afirmou Hagge.

    Com a produção do município voltada à agropecuária, a dificuldade no escoamento da produção e as perdas de rebanhos para as enxurradas fizeram com que o prefeito estimasse um prejuízo de cerca de R$ 25 milhões em Itapetinga até o momento.

    Para ajudar a população, além de água, Hagge afirmou que as doações podem ser focalizadas em colchões, roupas e demais gêneros alimentícios – especialmente proteínas. O Sindicato Rural de Itapetinga, segundo o prefeito, está recebendo donativos em dinheiro a fim de converter o valor em assistência às famílias.

    Mais Recentes da CNN