Produção de vacinas em fábricas veterinárias e mais da noite de 15 de junho

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A intenção de compra da vacina da Cansino pelo governo federal, o lockdown em cidades do interior de São Paulo e a possibilidade de uso de fábricas veterinárias para a produção de imunizantes são alguns dos destaques da noite desta terça-feira, 15 de junho de 2021.

Audiência na CPI

A CPI da Pandemia ouviu hoje o ex-secretário de Saúde do Amazonas. Marcellus Campêlo disse que falou com o então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no dia 7 de janeiro e que o estado enviou ofícios ao ministério a partir do dia 9 de janeiro para pedir auxílio sobre a falta de oxigênio. Segundo Campêlo, pelo que sabe, não houve resposta.

Vacina chinesa

O Ministério da Saúde assinou uma intenção de compra de 60 milhões de doses da vacina chinesa Cansino. Esse imunizante é aplicado em dose única e a Anvisa analisa o pedido de uso emergencial.

Produção de vacinas

A Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que autoriza a produção de vacinas contra a Covid-19 em fábricas veterinárias. Além das vacinas, o texto também permite a fabricação do ingrediente farmacêutico ativo.

Vacinação em São Paulo

A prefeitura de São Paulo decidiu escalonar as datas da imunização para evitar aglomerações. Nesta quarta-feira (16) recebem as doses pessoas de 56 e 57 anos e assim por diante, duas idades a cada dia desta semana. Nos dias 21 e 22 tem a repescagem para quem tem de 50 a 59 anos.

Lockdown

Oito cidades do interior de São Paulo decretaram lockdown. As medidas mais restritivas foram tomadas para conter a transmissão do novo coronavírus e reduzir as internações por Covid-19.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN