Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Buscas em Petrópolis devem seguir até o fim do mês, diz Corpo de Bombeiros

    Leandro Monteiro afirmou ainda à CNN que protocolo mundial determina busca de vidas sete dias após tragédia

    Pedro Duranda CNN

    no Rio de Janeiro

    Com militares de 14 estados, cerca de 500 bombeiros e mais de 60 máquinas e caminhões, a operação do Corpo de Bombeiros em Petrópolis vai atravessar a próxima semana, deve continuar no carnaval e provavelmente não termina em fevereiro. A estimativa é de Leandro Monteiro, Secretário Estadual de Defesa Civil e Comandante do Corpo de Bombeiros, que conversou com exclusividade à CNN.

    “O protocolo determina sete dias de busca mas o Corpo de Bombeiros não tem data pra sair aqui de Petrópolis, se for necessário esticar esse prazo nos vamos esticar”, disse ele. Os sete dias terminariam no dia 22/2, quando as chuvas da última terça-feira (15/2) completarão uma semana.

    A última pessoa que foi encontrada com vida, no entanto, foi resgatada na quarta-feira por volta das duas da tarde, 20 horas depois do início das chuvas. “O bombeiro busca vítimas vivas. O tempo passa, a dificuldade aumenta de buscar vítimas vivas, mas o bombeiro acredita em encontrar ainda desaparecidos vivos, vítimas vivas”, afirmou.

    A Defesa Civil registrou nas últimas 24 horas 80 milímetros de chuvas em Friburgo e 79 milímetros em Teresópolis, cidades da região Serrana do Rio de Janeiro que também têm histórico de estragos e perdas em desastres. A chuva intermitente tem feito os trabalhos de busca serem interrompidos temporariamente, mas Monteiro afirma que apesar disso, as equipes seguem atuando 24 horas por dia.

    “Hoje por volta das seis e meia da manhã eu sobrevoei algumas áreas, chovia forte aqui em Petrópolis, eu determinei que algumas operações fossem suspensas até pra preservar a vida dos nossos militares, mas imediatamente após o término das chuvas nós voltamos a trabalhar. Isso é um protocolo de segurança nossa, que nós adotamos, mas o Corpo de Bombeiros está trabalhando 24 horas em todas as áreas”, disse o comandante.