Rio de Janeiro registra 4 mortes pela variante Delta da Covid-19

As quatro vítimas morreram em um espaço de dez dias. Três são moradores da Baixada Fluminense

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

A Secretaria estadual de Saúde do Rio de Janeiro (SES) confirmou, nesta quinta-feira (22), quatro mortes pelavariante Delta do novo coronavírus no estado. As mortes aconteceram entre os dias 04 e 14 de julho. Todas as vítimas tinham mais de quarenta anos. Três eram moradores da Baixada Fluminense. A SES não informou se todos tinham comorbidade.  

As duas primeiras vítimas moravam no município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense. Um deles era um homem, de 50 anos, que tinha comorbidade. O paciente deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) após os primeiros sintomas do coronavírus. Depois de uma piora no quadro clínico, a vítima foi transferida para a UTI do Hospital Municipal Moacyr do Carmo, em Duque de Caxias. O homem apresentou febre e insuficiência respiratória.  

A SES informa que, até o momento, 83 pessoas que tiveram a Covid-19, no Rio de Janeiro, tinham a variante delta. A maior parte delas não apresentou sintomas graves e se recuperou em casa.  

As mortes no RJ 

– 04/07, uma mulher de 73 anos, moradora de São João de Meriti; 

– 05/07, um homem de 50 anos, morador de Duque de Caxias; 

– 10/07, uma mulher de 43 anos, moradora de São João de Meriti; 

– 14/07, um homem de 53 anos, município de moradia em investigação.

Variantes do coronavírus
Variantes do coronavírus
Foto: Reprodução/CNN Brasil (12.jul.2021_

Mais Recentes da CNN