Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    RJ: balões caem em área restrita do Aeroporto do Galeão durante feriado de São Jorge

    A PM também foi acionada para impedir a soltura de um balão na zona norte do Rio

    Balão cai em área restrita do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro
    Balão cai em área restrita do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro Diogo Farias

    Cleber Rodriguesda CNN

    Quatro balões caíram na área restrita do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, entre a noite de segunda-feira (22) e a manhã desta terça-feira (23). De acordo com a concessionária Riogaleão, os artefatos foram removidos pelas equipes do aeroporto e a operação não foi afetada.

    Durante as primeiras horas do feriado estadual de São Jorge, nesta terça, a Polícia Militar também foi acionada para impedir a soltura de um balão no bairro de Oswaldo Cruz, na zona norte do Rio. Segundo a PM, ao perceber a chegada dos policiais do 9° BPM (Rocha Miranda), o grupo que tentava soltar o balão fugiu. O artefato foi apreendido.

    Ainda de acordo com a Polícia Militar, somente em abril foram apreendidos nove balões. As ações de combate ao crime são realizadas semanalmente pelo Comando de Polícia Ambiental (CPam), com o apoio do Grupamento Aeromóvel (GAM) e do Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEA).

    Aumento de denúncias

    De acordo com o Disque Denúncia, em 2023 a plataforma registrou um crescimento de denúncias sobre soltura de balões. Foram 116 casos, contra 69 alertas em 2022. O número representa um aumento de 70% em apenas um ano, em todo o estado do RJ.

    Fabricar, vender, transportar ou soltar balões é considerado crime ambiental (Lei N° 9.605/98) e coloca em risco a vida humana e toda a biodiversidade. A pena prevista é de detenção de um a três anos ou multa.

    Denúncias desse tipo podem ser feitas pelo canal Linha Verde, do Disque Denúncia, através do 21 2253 1177.