Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Roberta Miranda passa mal e é internada ao saber da morte de Marília Mendonça

    Cantora estava viajando para o Guarujá, no litoral de São Paulo, e precisou retornar à capital, onde foi internada no hospital Albert Einstein até 22h

    Douglas PortoGiulia Alecrimda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A cantora Roberta Miranda passou mal ao saber da morte de Marília Mendonça, nesta sexta-feira (5), e precisou ser internada. Ela estava viajando para a cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo, e quando soube do óbito entrou em estado de choque.

    Roberta retornou a São Paulo e precisou ser levada ao hospital Albert Einstein, onde passou por exames. Por recomendação médica, permaneceu internada em observação até as 22h (de Brasília).

    Marília Mendonça viajava para cumprir a agenda de shows quando a aeronave caiu em um curso d’água próximo da rodovia BR-474, na cidade de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, no oeste de Minas Gerais.

    Segundo a Infraero, o avião com a artista decolou às 13h05 (hora de Brasília) do aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia. A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da empresa PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ.

     

    O avião operava desde o início do ano realizando voos com o problemas no para-brisa, ocorrendo que o vidro fica embaçado com prejuízo visual em pousos e decolagens, segundo Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O fato era conhecido pela empresa, porém ignorado.

    O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) foi chamado por volta das 15h30 para atender a ocorrência.  A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou que a aeronave atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia.

    Além de Marília, morreram também o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto identificado como Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto como Tarciso Pessoa Viana.

     

     

     

    Mais Recentes da CNN