SP vacina idosos com 67 anos e retorna hoje à fase vermelha; veja o que muda

Nova fase do Plano São Paulo une restrições da fase vermelha com proibições da fase emergencial

Weslley Galzo e Tamires Vitoria, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O estado de São Paulo retorna nesta segunda-feira (12) para a fase vermelha do Plano SP de combate à Covid-19. A medida vale até o dia 18 de abril, próximo domingo. A reclassificação criou uma espécie de fase hibrida em que passam a valer todas as restrições que cabem à fase vermelha e algumas das proibições vigentes na fase emergencial. O estado também inicia hoje a vacinação de idosos com 67 anos.

Entre as principais alterações, as lojas de materiais de construção, que tiveram o funcionamento suspenso na fase emergencial, poderão reabrir, desde que respeitados os protocolos sanitários.

Para comércios e o setor de alimentação, também volta a ser permitido o serviço de retirada (take away), incluindo restaurantes, shoppings e lojas em geral. Jogos de futebol e outros esportes profissionais foram retomados antes do início da mudança de fase (no último sábado, 10).

Cultos religiosos presenciais seguem proibidos e o toque de recolher das 20h às 5h continua mantido. O governo mantém também a recomendação do teletrabalho e o escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria.

O que muda com a fase vermelha?

  • Permissão de realização de campeonatos esportivos profissionais após 20h, com testagem e protocolos sanitários mais rígidos
  • Permissão de retirada de produtos para shoppings, comércios, restaurantes e outras atividades
  • Permissão de atendimento presencial nas lojas de material de construção

O que continua igual?

  • O funcionamento de bares, restaurantes e salões de beleza seguem vetados, bem como cultos religiosos presenciais;
  • O atendimento presencial em todos os serviços considerados não essenciais continua restrito;
  • O toque de recolher das 20h às 5h foi mantido e uma força-tarefa continuará a fiscalizar a circulação fora do horário;
  • Recomendação de home office;
  • Recomendação de horários alternados de entrada e saída para a indústria, serviço e comércio.
    Ministério da Saúde recomenda tomar primeiro a vacina contra a Covid-19 e depois
    Ministério da Saúde recomenda tomar primeiro a vacina contra a Covid-19, e depois a vacina contra a gripe
    Foto: Morsa Images/GettyImages

Vacinação de idosos com 67 anos

O governo estadual antecipou em dois dias a vacinação do grupo de idosos com 67 anos. 

Para se cadastrar para receber o imunizante, basta entrar no site Vacina Já e preencher os dados solicitados, como CPF, endereço, data de nascimento, e-mail e telefone. Também é possível realizar o pré-cadastro por WhatsApp, enviando uma mensagem para o número (11) 95220-2923.

A governo espera iniciar a vacinação de idosos de 66 e 65 anos a partir do dia 21 de abril.

Volta às aulas

O retorno das aulas presenciais nas escolas do estado ocorre a partir da próxima quarta-feira (14). As escolas do estado devem usar esta segunda (12) e a terça-feira (13) para orientação e conversas com as famílias e também para organização da comunidade escolar, segundo o secretário da Educação, Rossieli Soares.

“Escolas que já estão abertas trarão outro público a partir de 14 de abril com atendimento com aula propriamente dita”, disse o secretário. Ele ressaltou, no entanto, que assim como anteriormente não haverá uma obrigatoriedade de presença neste primeiro momento e será mantida a limitação a 35% da capacidade das escolas.

(Com informações de Renato Barcellos e Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo)

Mais Recentes da CNN