Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Suspeito de assaltar Dr. Roberto Kalil é preso na grande SP

    Prisão foi realizada pela GCM da cidade de Taboão da Serra; médico do presidente Lula foi roubado na manhã de hoje na Bela Vista, centro de SP

    Roberto Kalil
    Roberto Kalil CNN/Reprodução

    Dayres VitoriaMaria Clara Alcântarada CNN*

    Um dos homens que assaltou o Dr. Roberto Kalil, médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã desta terça-feira (12), foi preso em Taboão da Serra. Kalil, que também é apresentador da CNN, foi assaltado no bairro Bela Vista, região central de São Paulo, quando chegava para trabalhar em seu consultório. Assista a ação dos bandidos:

    Segundo a Guarda Civil Municipal, o homem foi encontrado por volta das 10h30, andando normalmente de motocicleta pelo município. O assalto contra o médico aconteceu por volta das 09h30. Segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, dois homens armados abordaram o médico no estacionamento do edifício do consultório particular dele.

    Após a abordagem, a dupla fugiu em duas motocicletas levando um relógio de pulso, uma aliança e um óculos de sol de Kalil. O Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) e a Polícia Militar compareceram ao local após o assalto.

    O caso foi registrado como roubo no 78º Distrito Policial (Jardins), onde seguirá as investigações. Roberto Kalil também é diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. Em nota, o hospital informou que não houve agressões físicas e o médico encontra-se bem.

    O suspeito preso em Taboão foi levado para a delegacia para ser ouvido pela polícia.