Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Um em cada cinco endereços no Brasil não tem numeração, diz IBGE

    Segundo os dados, o país tem 106,8 milhões de endereços registrados

    Rua localizada em favela no Rio de Janeiro
    Rua localizada em favela no Rio de Janeiro Fernando Frazão/Agência Brasil - 28.mar.2024

    Maria Clara Alcântarada CNN*

    O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE divulgou nesta sexta-feira (14) a versão completa do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), que é o principal repositório de endereços com abrangência nacional e de acesso público.

    Segundo o cadastro, o Brasil tem 106.814.877 endereços registrados. Desses, 24,4 milhões não tinham número número, o que equivale a 22,8% do total. A maioria está localizada em Goiás.

    Além disso, há 438 mil endereços identificados pela quilometragem da via, sendo que 76,1 mil estão em Rondônia.

     

    Durante o período da coleta, o país tinha 3,5 milhões de edificações em construção ou reforma. A maioria (605,2 mil) estava no estado de São Paulo.

    Os endereços também foram unidos pelos tipos de logradouros mais comuns. A pesquisa mostrou que o país tem 72,4 milhões de endereços situados em ruas, 10,7 milhões de endereços em avenidas e 7,1 milhões de endereços em estradas. Travessas, sítios, alamedas e fazendas também estão entre os principais tipos.

    O país tem ainda 2,7 milhões de endereços em logradouros sem nome, com a maioria localizada na Bahia (314,5 mil). Além disso, existem 171,7 mil endereços em logradouros cujo nome tem a palavra “Brasil”.

    “O endereço é também um indicador de cidadania. Isso significa que o cidadão que vive em um endereço sem número ou em uma rua ou avenida sem denominação está sofrendo algum tipo de déficit na sua cidadania, pela não formalização daquele endereço ou logradouro pelo poder público municipal”, diz Eduardo Baptista, gerente do CNEFE.

    * Sob supervisão

    Tópicos

    Tópicos