“Vamos começar a liberar recursos”, afirma secretário nacional de Defesa Civil sobre Pernambuco

De acordo com Alexandre de Lucas, repasses agora dependem da rapidez dos municípios em enviar ao governo federal informações sobre afetados e danos nas áreas atingidas

Alagamento provocado pelas chuvas no Recife
Alagamento provocado pelas chuvas no Recife João Carlos Mazella/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

O secretario nacional de Defesa Civil, Alexandre de Lucas, afirmou à CNN que a liberação de recursos para os munícipios pernambucanos castigados pela chuva irá ocorrer assim que as prefeituras apresentarem informações sobre número de afetados e danos. Há expectativa de que isso ocorra em pouco tempo.

Catorze municípios pernambucanos tiveram estado de calamidade reconhecido pelo Ministério de Desenvolvimento nesta segunda-feira (30).”A liberação de recursos depende muito da capacidade dos municípios de inserirem no sistema a solicitação”, explica o secretário.

O governo federal oferece treinamento às equipes para levantamento das informações, o que auxilia na hora das solicitações para danos naturais. Os primeiros repasses vão para ações emergenciais de assistência para o acolhimento dos moradores.

“Nós já vamos começar a liberar recursos para assistência humanitária a pessoas afetadas. Liberação de dinheiro para compra de cesta básica, colchões, kits de dormitório, kits de limpeza das casas, kits de higiene pessoal, combutível para viaturas, locação de viaturas. Tudo o que for necessário para resposta”, afirmou o secretário nacional de Defesa Civil à CNN.

Mais Recentes da CNN