Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Waack: Presidente parece ignorar como funciona uma economia grande

    Curioso é que Lula tem suficiente experiência desde os tempos de sindicalista para ter entendido como são essas coisas de política monetária e fiscal, inflação e juros, produção e consumo, capital e trabalho

    William Waackda CNN

    O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai entrando na terceira semana e estabeleceu um tipo de rotina.

    São integrantes de primeiro escalão tratando de explicar melhor alguma coisa dita pelo presidente sobre economia.

    Desta vez foram a público dizer que Lula respeita a autonomia do Banco Central – que está fixada em lei, por sinal – e respeita também o que o BC tem a dizer sobre política monetária e macroeconomia.

    Pelo jeito, não combinaram com Lula, que voltou a criticar a autonomia do Banco Central.

    E, de quebra, também o nível da taxa de juros e a preocupação geral dos agentes econômicos sobre questões que envolvem dívida pública e controle de gastos.

    Não é nada incomum em qualquer lugar o chefe de governo implicar com Banco Central ou com juros ou com quem critica seus planos.

    No caso de Lula, com quem critica a expansão dos gastos sem contrapartida de receitas.

    A questão envolvendo as falas de Lula é de outra natureza.

    Ao confundir investimento com gastos ou ao minimizar o funcionamento de instituições como o Banco Central, o presidente parece ignorar como funciona uma economia grande e diversificada.

    Curioso é que Lula tem suficiente experiência desde os tempos de sindicalista para ter entendido como são essas coisas de política monetária e fiscal, inflação e juros, produção e consumo, capital e trabalho. Não aprendeu nada?