Chuvas na Bahia: sobe para 25 o número de mortos pelas enchentes

Informações são da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do estado (Sudec)

Estragos provocados pela chuva na Bahia, na região de Itajuípe
Estragos provocados pela chuva na Bahia, na região de Itajuípe Amanda Perobelli/Reuters

Cleber Souzada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Subiu para 25 o número de mortos em decorrência das enchentes que atingem diversas regiões da Bahia. As informações são da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do estado (Sudec), com base nos dados recebidos das prefeituras.

Nesta quinta-feira (30), foi confirmada a morte de um homem de 45 anos, que se afogou no distrito do Rio do Braço, na zona rural do município de Ilhéus.

Além das mortes confirmadas até o momento, os números de desabrigados já chegam a 37.035, e  54.771 de desalojados, além de 517 feridos. O número total de atingidos passa de 643.000 pessoas.

Dos 163 municípios afetados pelas chuvas, 152 declararam situação de emergência. Além de São Félix do Coribe e Ubaitaba, outras 11 cidades registraram mortes em decorrência das enchentes.

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro (PL) se manifestou após o Brasil recusar ajuda oferecida pela Argentina às vítimas das enchentes na Bahia. Por meio do Twitter, Bolsonaro disse que “a ajuda não seria necessária naquele momento”, mas que pode ser acatada “em caso de agravamento das condições”.

Após o ocorrido, o governador do estado, Rui Costa (PT), foi às redes sociais dizer que irá aceitar ajuda internacional mesmo sem passar pelas vias diplomáticas normais.

Governadores de 15 estados brasileiros e do Distrito Federal também anunciaram que irão enviar ajuda para os municípios baianos. Eles pretendem mobilizar equipes especializadas em operações de salvamento e materiais para auxiliar no resgate às vítimas.

Veja os danos causados pelas chuvas na Bahia:

Mais Recentes da CNN