Bolsonaro dispensa dois deputados do PSL da vice-liderança do governo na Câmara

Dispensas de Sanderson (RS) e Major Fabiana (RJ) foram publicadas no Diário Oficial da União

Por Igor Gadelha, CNN  
18 de agosto de 2020 às 07:51 | Atualizado 18 de agosto de 2020 às 09:54

O presidente Jair Bolsonaro dispensou nesta terça-feira (18) dois deputados federais da ala bolsonarista do PSL da vice-liderança do governo na Câmara: Sanderson (RS) e Major Fabiana (RJ).

As dispensas foram publicadas no Diário Oficial da União junto com a indicação do deputado Ricardo Barros (PP-PR) para ser o novo líder do governo na Casa, no lugar de Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Leia também:

Ricardo Barros, do Centrão, é oficializado como novo líder do governo na Câmara

Bolsonaro está ‘99%’ decidido a voltar ao PSL e se reunirá com Bivar para acordo

Bolsonaro: 'Saída de Guedes nunca foi cogitada'

O presidente Jair Bolsonaro usa máscara em visita à São Paulo
Foto: Amanda Perobelli/Reuters (12.ago.2020)

Segundo apurou a CNN, Sanderson e Major Fabiana pediram para deixar a vice-liderança na semana passada, por incômodo com a indicação de Ricardo Barros como novo líder do governo.

Como a coluna antecipou na semana passada, Barros pretende fazer trocas nas 14 vice-lideranças do governo. Ele entende que os vice-líderes devem ser indicados pelos partidos alinhados ao Palácio do Planalto.

Na gestão de Vitor Hugo, os vice-líderes do governo vinham sendo escolhidos por decisão do líder e do Planalto, sem necessariamente passarem por aval dos líderes de seus respectivos partidos.