Kassio Nunes é sabatinado no Senado para vaga no STF; acompanhe

Desembargador foi indicado para o Supremo Tribunal Federal para a vaga do decano Celso de Mello

André Rigue, da CNN, em São Paulo
21 de outubro de 2020 às 08:08

 

O desembargador Kassio Nunes Marques é sabatinado agora na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a vaga que foi aberta com a aposentadoria do decano Celso de Mello.

Na sabatina desta quarta-feira (21), Kassio Nunes responde perguntas feitas pelos senadores da CCJ. Não há uma regra sobre os temas a serem colocados pelos senadores ou sobre o formato. A expectativa é de que a sabatina dure até nove horas.

Além de perguntas sobre o currículo do desembargador, os senadores devem fazer questionamentos sobre assuntos polêmicos, como foro privilegiado, prisão após condenação em segunda instância, descriminalização do aborto, porte de drogas, combate à corrupção e Operação Lava Jato.

Leia também:
Podemos muda membros da CCJ do Senado antes de sabatina de Kassio Nunes
Quem é Kassio Nunes Marques, indicado para vaga de Celso de Mello no STF

O desembargador Kassio Nunes
Foto: Samuel Figueira/Ascom-TRF1

Ao final da sabatina, os membros da CCJ irão votar (secretamente) para decidir se aprovam o nome.

Caso a indicação de Kassio Nunes seja aprovada na CCJ, o nome do desembargador ainda precisará ser aprovado pelo plenário do Senado. Ele precisará de uma maioria absoluta dos votos (41 de 81).