Atritos em redes sociais são 'estilo de gestão' do governo, diz Sidney Rezende

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (30), Sidney Rezende avaliou o impacto dos atritos públicos de integrantes do governo em redes sociais

Da CNN
30 de outubro de 2020 às 10:52 | Atualizado 30 de outubro de 2020 às 12:44

 

No quadro Liberdade de Opinião desta sexta-feira (30), Sidney Rezende avaliou o impacto dos atritos públicos de integrantes do governo em redes sociais. Ele avaliou que trata-se de uma mistura de uso indevido e "cortina de fumaça" dentro do estilo de gestão do governo do Jair Bolsonaro (sem partido)Veja também a participação de Alexandre Garcia. 

"É de tudo um pouco, mas tem estilo de gestão. O presidente gosta de ter um pouco, ao seu entorno, atritos. Quando eles não existem, de uma forma aparente, ele faz questão de trazer esse atrito - mais até nos meses anteriores, pois, atualmente, o presidente anda um pouquinho calmo, apesar de arrumar certos inimigos aqui e ali", analisou. "Não acho bom esses embates", acrescentou.

Leia também:
Maia recua após criticar presidente do Banco Central
Salles já teria identificado quem usou seu Twitter para ofender Maia

(Edição: André Rigue)