52% isentam Bolsonaro de culpa por mortes causadas por Covid-19, diz Datafolha

Pesquisa aponta que somente 8% dos brasileiros acreditam que o presidente é o principal responsável pelas mais de 181 mil mortes causadas pela doença

Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo
14 de dezembro de 2020 às 10:29 | Atualizado 14 de dezembro de 2020 às 20:55

 

Mais da metade da população brasileira isenta o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de responsabilidade pelas mais de 181 mil mortes causadas por Covid-19 no Brasil.  

Uma pesquisa Datafolha publicada nesse domingo (13) mostra que, para 52% dos entrevistados, o mandatário não tem culpa nenhuma pelas vítimas, enquanto 38% dizem que ele tem culpa, mas não é o principal responsável. Somente 8% apontam Bolsonaro como principal culpado. 2% não sabe. 

Assista e leia também:
Bolsonaro mantém melhor avaliação desde o início do mandato, diz Datafolha
Saúde dirá ao STF que não há data para vacinação
Gmail, Google Drive e YouTube apresentam instabilidade
O IPVA está chegando: saiba como calcular quanto vai pagar de imposto

Em agosto, 47% das pessoas diziam que ele não tinha culpa nenhuma, 41% afirmavam que ele era um dos culpados, mas não o principal, e 11% o identificavam como principal responsável.

A pesquisa também perguntou sobre o desempenho do presidente em relação ao novo coronavírus. Para 42% dos entrevistados, o desempenho de Bolsonaro é ruim ou péssimo. Cerca de 30% classificaram a atuação dele como ótima ou boa, enquanto 27% disseram que ela é regular.

Além disso, 53% afirmaram que o país não fez o que era necessário para evitar o atual número de mortes, enquanto 22% disseram que nada que o país fizesse evitaria o elevado número de vítimas. Já para 22% dos entrevistados, o país fez o que era necessário para tentar evitar a situação. 4% não sabe.

A pesquisa foi realizada por celular com 2.016 brasileiros entre os dias 8 e 10 de dezembro, em todas as regiões e estados do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.