Jair Bolsonaro deve liberar R$ 20 bilhões para compra de vacinas

Governo prepara publicação de uma Medida Provisória

Da CNN, em São Paulo
15 de dezembro de 2020 às 06:52 | Atualizado 15 de dezembro de 2020 às 06:59


O governo prepara uma Medida Provisória (MP) para comprar todas as vacinas que possam estar disponíveis no país contra o novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em uma conversa com apoiadores na segunda-feira (14), e também disse que a população terá que assinar um termo de responsabilidade antes de tomar a vacina.

Bolsonaro tratou do tema em conversa com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, que saiu de uma reunião do Palácio do Planalto afirmando que o presidente garantiu que vai assinar a medida provisória liberando R$ 20 bilhões para comprar vacinas aprovadas pela Anvisa. O valor já tinha sido mencionado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Leia também:
52% isentam Bolsonaro de culpa por mortes causadas por Covid-19, diz Datafolha
Governo chama Butantan para lançamento de plano de vacinação
Fiocruz diz que Brasil não tem tecnologia para produzir vacina da Pfizer

"Eu devo assinar amanhã (terça-feira, 15) a Medida Provisória de R$ 20 bilhões para comprar a vacina. (A vacina) não é obrigatória, vocês vão ter que assinar um termo de responsabilidade para tomar. A Pfizer é bem clara no contrato, 'não nos responsabilizamos por efeitos colaterais', é bem clara", disse Bolsonaro.

(Publicado por: André Rigue)