Celular encontrado na cela de Silveira havia sido apreendido no dia da prisão

Como antecipou a âncora da CNN Daniela Lima, a Polícia Federal apreendeu dois aparelhos de telefone celular nesta quinta-feira

Thais Arbex
Por Thais Arbex, CNN  
18 de fevereiro de 2021 às 19:48 | Atualizado 18 de fevereiro de 2021 às 20:15

Um dos celulares encontrados pela Polícia Federal na cela do deputado Daniel Silveira era um de uso pessoal do parlamentar e já havia sido apreendido no dia em que ele foi preso. A CNN apurou que, após a apreensão, o aparelho foi entregue a um assessor de Silveira na terça-feira (16).

Como antecipou a âncora da CNN Daniela Lima, a Polícia Federal apreendeu dois aparelhos de telefone celular nesta quinta-feira (18) durante uma vistoria na cela do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), detido na Superintendência da PF no Rio de Janeiro desde terça-feira (16).

Deputado federal Daniel Silveira (PSL) é conduzido ao IML do Rio de Janeiro (RJ) para fazer exame de corpo de delito
Foto: Betinho Casas Novas/Futura Press/Estadão Conteúdo

 A apreensão dos aparelhos foi informada pela Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal (STF). Será aberto um inquérito para apurar como o deputado mantinha na cela dois aparelhos de telefone.

Nesta quinta, o juiz Airton Vieira, indicado pelo ministro Alexandre de Moraes, realizou a audiência de custódia de Daniel Silveira e decidiu manter o deputado federal preso.A decisão de Moraes, que determinou a prisão de Moraes em flagrante, foi referendada por unanimidade pelo STF e agora precisará ser analisada pelo plenário da Câmara.