G7 planeja enviar relatório final da CPI da Pandemia para o Tribunal de Haia

CPI já convocou juristas para que sejam esclarecidos quais tipos penais poderão ser enquadrados ao presidente e seu governo

Da CNN, em São Paulo
11 de junho de 2021 às 18:22

 O G7 da CPI da Pandemia - grupo de senadores independentes e de oposição que representa a maioria do colegiado - planeja enviar o relatório final do inquérito para o Tribunal Penal Internacional, conhecido comumente como Tribunal de Haia, que julga crimes contra a humanidade. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

O grupo já discute maneiras de como enviar o relatório e por conta disso convocou juristas para a CPI para que sejam esclarecidos quais tipos penais poderão ser enquadrados o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu governo por conta da gestão federal da pandemia.

A entrega do relatório vai se dar com base no Estatuto de Roma, documento que o Brasil é signatário e que provocou a criação do Tribunal de Haia

Randolfe Rodrigues, Renan Calheiros e Omar Aziz em reunião da CPI da Pandemia
Randolfe Rodrigues (vice-presidente), Renan Calheiros (relator) e Omar Aziz (presidente) em reunião da CPI da Pandemia
Foto: Jefferson Rudy - 29.abr.2021/Agência Senado