Aliados tentam reduzir presença de Bolsonaro em manifestações de 7 de setembro

Temor é de que participação do presidente da República nos atos agrave crise institucional

Da CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Aliados estão tentando reduzir a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nos atos do feriado da Independência, em 7 de setembro. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli tem entrado em contato com pessoas próximas ao Palácio do Planalto pedindo para elas convencerem o chefe do Executivo a não ter uma participação direta nas manifestações, apenas gestos mais discretos.

A grande preocupação é que esses protestos agravem ainda mais a crise institucional no Brasil, visto que estão sendo convocados para criticar o próprio STF e o Congresso Nacional.

Apesar das tentativas de apaziguar a tensão do clima político, Bolsonaro aconselhou seus apoiadores nesta sexta-feira (27) a comprarem um fuzil e chamou de “idiota” quem defende a compra de um pacote de feijão no lugar, uma declaração que repercutiu negativamente nas redes sociais.

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN