André Mendonça deve defender estado laico durante sabatina no Senado

Ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União foi indicado ao STF pelo presidente Jair Bolsonaro

Fernanda Pinottida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A sabatina do ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União André Mendonça para ocupar uma cadeira no STF (Supremo Tribunal Federal) deve acontecer no Senado na próxima semana. De acordo com a âncora da CNN Daniela Lima, ele deve fazer uma forte defesa ao estado laico em sua fala.

Mendonça é evangélico, pastor e muito ligado à religião. De acordo com os aliados do ex-ministro, os requisitos para a vaga no STF de possuir notório saber jurídico e reputação ilibada não estão sendo questionados pelos que se opõem a ele.

O ponto de maior questionamento é a participação de Mendonça no governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e os motivos da indicação feita pelo presidente da República, que já afirmou mais de uma vez querer um ministro “terrivelmente evangélico”.

Mais Recentes da CNN