Após cortejo, corpo de Bruno Covas segue para enterro em Santos

Prefeito foi velado no Edifício Matarazzo, onde recebeu uma homenagem de familiares e amigos mais próximos

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Após um cortejo que passou por algumas das principais vias do centro da cidade de São Paulo até a Avenida Paulista, o corpo do prefeito Bruno Covas, que morreu neste domingo (16), segue para Santos, no litoral paulista, para ser enterrado.

Antes do cortejo, o corpo do prefeito foi velado no Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura, onde recebeu uma homenagem de familiares e amigos mais próximos. Não foi permitida a participação do público por conta das normas sanitárias vigentes.

O prefeito será enterrado no cemitério do Paquetá, onde também está enterrado o avô de Bruno, o ex-senador e ex-governador do estado Mário Covas, que morreu há 20 anos de câncer na bexiga. O enterro também será restrito à família e amigos próximos para evitar aglomerações.

Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo, aos 41 anos, vítima de câncer. Desde 2019, Covas enfrentava a doença, inicialmente descoberta no trato digestivo, mas que se espalhou para o fígado e para os ossos. A notícia da morte foi confirmada em nota hoje divulgada pela assessoria do prefeito.

O quadro de saúde do prefeito era considerado irreversível, desde sexta-feira (14), pela equipe de médicos do Hospital Sírio-Libanês, onde estebe internado desde 2 de maio.

O prefeito, que era divorciado, deixa um filho, Tomás Covas, de 15 anos.  

Cortejo com corpo de Bruno Covas pelas ruas de São Paulo (16.Mai.2021)
Foto: Reprodução/CNN

Mais Recentes da CNN