Após filiação de Bolsonaro, vice-presidente da Câmara anuncia saída do PL

Marcelo Ramos anunciou saída do partido nesta terça (7)

Raphael Coraccinida CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O vice-presidente da Câmara, deputado federal Marcelo Ramos, anunciou sua saída do PL na tarde desta terça-feira (7). Ramos disse que mantém o mandato e a vice-presidência da Câmara.

O anúncio foi feito no gabinete da vice-presidência da Câmara.

Segundo Ramos, Jair Bolsonaro e seus aliados que passam a integrar o PL são hostis a ele, o que inviabiliza sua permanência.

“O que pesou mais é que para mim é absolutamente incompatível estar embarcado em um projeto que eu não acredito”, disse Ramos sobre a filiação de Bolsonaro ao PL para tentar a reeleição à Presidência da República no ano que vem.

A situação entre o deputado e o partido hoje é classificada como de “incompatibilidade”, mas Ramos diz que o casamento “acaba de maneira amigável”.

O Órgão Nacional do Partido Liberal aceitou a desfiliação de Ramos nesta terça-feira e disse que não vai exigir o mandato do deputado.

Em carta, o partido diz que as divergências tornam “insustentável” a permanência de Ramos.

“Em virtude da linha político-partidária de atuação de nossa legenda”, diz o PL no comunicado, a manutenção do deputado causaria “constrangimentos de natureza política para ambas as partes”.

Mais Recentes da CNN