Bolsonaro cria condições para o impeachment se não obedecer o STF, diz Kassab

Presidente nacional do PSD classificou como "perigosos" os discursos do presidente no 7 de setembro

Produzido por Jorge Fernando Rodriguesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cria condições para um processo de impeachment caso não obedeça uma ordem judicial do ministro do Supremo Tribunal federal (STF) Alexandre de Moraes, como dito em seus discursos nesta terça-feira (7), disse à CNN o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

“O presidente elevou o tom. Hoje a crise política teve a sua temperatura aumentada. Os discursos do presidente foram perigosos. Caso ele cumpra o que assumiu nas suas manifestações, cria condições pelo impeachment”, disse Kassab.

Bolsonaro discursou em Brasília e em São Paulo nas manifestações a favor do governo no 7 de setembro. Em ambas, o presidente disse que não vai mais cumprir decisões judiciais de Moraes. Além disso, afirmou que “ou esse ministro se enquadra, ou pede para sair”.

“Ele pregou pela primeira vez uma ruptura. No momento que fala como presidente da República que não vai atender decisões do Judiciário, seja de um ministro ou do Judiciário como um todo, ele está avisando que vai promover a ruptura. É crime de responsabilidade, que impõe ao Congresso impor o processo de impeachment”, analisou o presidente do PSD.

Partidos do Centrão decidiram consultar suas bancadas sobre a adesão a uma ação contra Bolsonaro. Kassab afirmou que o PSD vai criar uma comissão de impeachment para acompanhar as ações do governo nos próximos dias.

Questionado se o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), aceitaria um pedido contra o presidente, Kassab disse acreditar no “bom senso” do deputado em tomar uma ação, caso as condições sejam criadas.

O político ainda avaliou que seria possível concluir o processo antes das eleições de 2022, mas caso uma decisão só ficasse para um momento depois do início da campanha presidencial, a Câmara teria que agir da mesma forma.

“Se ficar comprovado que o presidente trabalha para gerar um conflito entre as instituições, se seu governo passa a não obedecer às determinações do Poder Judiciário, vai deixar o governo rumar para um golpe sem fazer nada? Se as condições do impeachment estão estabelecidas, você tem que abrir um processo, qualquer que seja a data, paciência”, disse.

Mais Recentes da CNN