Bolsonaro deixa Avenida Paulista após discurso e seguirá para Brasília

Presidente deve seguir para o hotel de trânsito onde pegará um helicóptero até o aeroporto de Congonhas para voltar para Brasília ainda hoje

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Jair Bolsonaro acenou e tirou fotos com manifestantes ao deixar a Avenida Paulista, nesta terça-feira (7), após o discurso realizado mais cedo, no qual afirmou que não vai mais cumprir decisões do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e que apenas Deus pode torná-lo inelegível: “Quero dizer aqueles que querem me tornar inelegível em Brasília: ‘só Deus me tira de lá’. “Aviso aos canalhas: não serei preso”, disse aos manifestantes.

O presidente deve seguir para o hotel de trânsito onde pegará um helicóptero até o aeroporto de Congonhas para voltar para Brasília ainda hoje.

A princípio, Bolsonaro teria mais um evento em Guarulhos, de lançamento das obras do trem que fará ligação entre os terminais do Aeroporto de Guarulhos, mas a volta a Brasília confirma que ele não participará.

FOTOS: 7 DE SETEMBRO PELO BRASIL

7 de setembro

O feriado de 7 de setembro é marcado por diversos atos favoráveis e contrários ao governo federal.

No Rio de Janeiro, manifestantes pró-governo se concentraram na orla de Copacabana, zona sul da capital fluminense. A população se apresentou majoritariamente vestida de verde e amarelo e portando a bandeira brasileira. A manifestação contra o governo se concentrou na Avenida Presidente Vargas, no centro do Rio. Ruas no entorno foram interditadas.

Em São Paulo, a segurança está reforçada, e manifestantes pró-governo se concentram na Avenida Paulista desde cedo. Os contrários ao governo estão no Vale do Anhangabaú.

(publicado por Fernanda Colavitti)

Mais Recentes da CNN