Bolsonaro passa bem, mas segue sem previsão de receber alta, diz boletim médico

Hospital em que presidente está internado afirmou que tratamento segue inalterado

O presidente Jair Bolsonaro em evento da Escola Naval do Rio de Janeiro
O presidente Jair Bolsonaro em evento da Escola Naval do Rio de Janeiro Foto: Wagner Meier/Getty Images

Giovanna Galvani, da CNN, em São Paulo*

Ouvir notícia

Em novo boletim médico divulgado nesta sexta-feira (16), a equipe que acompanha a internação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que ele “passa bem e permanece evoluindo satisfatoriamente”, mas ainda não tem previsão de receber alta hospitalar.

“O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, passa bem e permanece evoluindo satisfatoriamente, com a conduta médica inalterada. O Presidente segue sem previsão de alta hospitalar”, diz a nota assinada pelos médicos Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, Ricardo Camarinha, Leandro Echenique, Antonio Antonietto e Pedro Henrique Loretti.

O boletim emitido pela equipe na noite de quinta-feira (15) já havia informado sobre a retirada da sonda gástrica que Bolsonaro estava usando, mas não havia dado previsão de alta. Era planejado para esta sexta-feira o início da sua alimentação.

Mais cedo, o presidente publicou no Instagram uma foto caminhando no hospital. Na legenda, ele afirma que deve estar “de volta a campo” em breve. “Muito fizemos, mas ainda temos muito a fazer pelo nosso Brasil! Obrigado pelo apoio e orações. Um forte abraço a todos!”, escreveu. 

Bolsonaro foi internado na madrugada de quarta-feira (14), em Brasília, após apresentar dores abdominais. Nos últimos dias, o presidente também vinha apresentando quadros de soluços, que atrapalharam inclusive alguns de seus discursos oficiais.

O cirurgião gástrico Antônio Macedo, médico de Bolsonaro, decidiu transferi-lo para São Paulo e, no começo da noite de quarta, o chefe do Executivo deu entrada no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, onde segue internado.

Uma possível nova cirurgia no sistema digestivo foi dispensada pelo médico do presidente. “A cirurgia, em princípio, está afastada, uma vez que o intestino começou a funcionar e o abdome esta mais flácido e mais funcionante”, resumiu o médico em entrevista à RedeTV na quinta-feira.

Visitas e atualizações

Familiares do presidente e integrantes do núcleo próximo do governo federal vêm publicando mensagens de apoio e atualizações sobre o estado de saúde de Bolsonaro.

Nesta sexta-feira, o filho Jair Renan Bolsonaro postou uma foto ao lado do presidente no hospital. “Saiba que você é forte o suficiente para passar por mais essa luta”, escreveu. 

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, que o acompanha no hospital, também publicou uma foto na tarde de quinta-feira na qual o presidente aparece posando ao lado de uma mulher internada não identificada, com a legenda “custoso demais”. 

Já o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) havia publicado ainda na manhã de quinta-feira sobre a recuperação positiva do pai, acrescentando que ele apenas não estava falando devido aos incômodos com os soluços.

*Com informações de Daniel Fernandes e Gregory Prudenciano, da CNN

Mais Recentes da CNN