Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Boulos procura se afastar da polêmica sobre Israel

    Deputado e pré-candidato à prefeitura paulistana foi orientado a não alimentar o debate sobre o conflito

    Eu não sou comentarista das falas do presidente Lula, disse Boulos
    Eu não sou comentarista das falas do presidente Lula, disse Boulos Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

    Clarissa Oliveirada CNN

    São Paulo

    Antevendo uma possível ofensiva do time do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), Guilherme Boulos (PSOL) decidiu se descolar da polêmica sobre as falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a respeito de Israel.

    Crítico do governo Netanyahu, o deputado e pré-candidato à prefeitura paulistana foi orientado a não alimentar o debate sobre o conflito na Faixa de Gaza.

    Boulos falou sobre o assunto na manhã desta segunda-feira (19), numa entrevista que estava previamente agendada.

    À rádio Bandnews, o deputado disse que sua posição a respeito do conflito já é amplamente conhecida. Ele defendeu as vidas de civis palestinos, sob o argumento de que a vida de uma criança palestina tem o mesmo valor de uma criança israelense.

    Boulos criticou os ataques do Hamas e questionou também os bombardeios da contraofensiva israelense. Ele não quis comentar especificamente a polêmica fala de Lula comparando a reação de Israel ao Holocausto.

    “Eu não sou comentarista das falas do presidente Lula. Ele teve 60 milhões de voto para estar onde está”, disse Boulos.

    Provocado com a ideia de que este seria um tema de campanha, ele emendou: “Eu não sou candidato a prefeito de Tel Aviv. Eu sou candidato a prefeito de São Paulo. Quero discutir as questões da cidade de São Paulo”.